Firmeza!

// 23 setembro, 2011 // Artigos

O apóstolo Paulo escrevendo aos irmãos que estavam em Corinto fez um pedido muito importante “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1 Coríntios 15:58”. Ele fala-nos sobre firmeza.

Firmeza é uma atitude que temos encontrando muito pouco ultimamente e tem sido a causa de muitas lutas e tristezas na vida das pessoas. Me lembro do testemunho de uma irmã que orava pela salvação de seu filho, usuário de drogas, e cada dia que passava ele ficava pior, chegando a ponto de bater em sua própria mãe.

Uma noite após apanhar ela foi ao seu quarto chorar e orando disse: “Deus eu não vou mais orar pelo meu filho!” No outro dia, seu filho ao acordar disse: “Mãe, eu tive um sonho estranho, que a senhora estava em uma corrida com vários atletas e quando estava próximo a linha de chegada a senhora parou e sentou na calçada e desistiu da corrida”.

Aquela serva de Deus entendeu que não poderia parar em seu propósito de interceder pelo seu filho e que a vitória nesta causa estava mais próxima do que ela poderia imaginar.

Firmeza é uma virtude dos vitoriosos e ela só será descoberta em sua totalidade quando chegar a adversidade, pois como poderemos demonstrar nossa firmeza se não formos tentados em retroceder, desviar ou até mesmo abandonar tudo que o Senhor já fez em nossas vidas. Os problemas vêm por duas maneiras, uma quando nós mesmos vamos buscá-los, pois  não ouvimos conselhos dirigidos por Deus, e outra é por vontade permissiva de Deus e serve como prova da nossa fé.

Me surpreende a fé de uma moça em um país onde aceitar a Cristo como Salvador é proibido e ela o fez. A partir deste momento ela deu o direito pela lei daquele país para que sua família pudesse lhe dar uma surra todos os dias até ela negar sua fé. Isto já faz cinco anos, ou seja, são aproximadamente 1825 surras e ela não desistiu!

Minha pergunta é: “quantas surras tua fé me Cristo suportaria?” Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão” Gálatas 5:1.

Não desista meu irmão(ã), pois o Deus que lhe amou a ponto de entregar seu Filho para morrer na Cruz por você. Ele também não desistira de ti!

Comentar