Jesus te quer pobre!

// 11 junho, 2011 // Artigos

Jesus te quer pobreCalma meu amado irmão, não precisa ficar decepcionado, desviar, jogar a Bíblia fora e abandonar a Cristo! Tenho certeza que muitos ao lerem o título deste post, vão dizer: “este pastor ficou louco, é um herético, nem vou ler uma asneira destas!” Mas quem conhece a Bíblia sabe que em Mateus 5, Jesus ensina sobre as bem-aventuranças.

Ao reunir a multidão que andava ansiosa por bênçãos, milagres e outras maravilhas que pudessem acontecer, fez eles assentarem e neste exato momento começou a falar: “Bem-aventurados”…, ou seja, serão plenamente felizes… era tudo que aquela multidão queria ouvir, pois afinal, quem não almeja ter alegria duradoura e completa em sua vida? E o Mestre começa a descrever o critério exigido para alcançarem esta alegria plena, dizendo: “os pobres”… quando esta palavra ecoa nos ouvidos de sua plateia, imagino que um sorriso brotou naturalmente em cada rosto, porque estavam ali os necessitados, carentes e homens que por mais posses que podiam ter, eram como todo o ser humano: cegos espiritualmente, que nunca estão satisfeito com nada.

Todos buscariam uma maneira, nem que fosse com disfarce, para serem reconhecidos como pobres. Mas, Jesus não veio para solucionar problemas financeiros, o objetivo do Mestre não era fazer uma revolução sócio-econômica, pois se assim fosse, a mensagem do Reino não faria eco em regiões de extrema miséria social, e as reuniões nestes lugares em torno do nome de Jesus perderiam totalmente o sentido. A revolução proposta por Jesus é plenamente espiritual.

Então, ele acrescenta a preposição “de”… e muitos começam a imaginar em que teriam de ser pobres o suficiente, afim de se tornarem dignos de receberem a benção que estava em questão. Quem tinha falido financeiramente disse consigo mesmo: “se for pobre de dinheiro a benção é minha”. Outro, rapidamente: “se for de amigos é comigo”, e assim começo a vislumbrar os mais variados conceitos de pobreza que podemos descrever.

É quando mais uma vez o Senhor da sabedoria surpreende a todos ao dizer o substantivo “espírito”… surpresa geral! O que seria ser “pobre de espírito”? Este termo abre a possibilidade a todos de se tornarem bem-aventurados, basta para isto reconhecer sua pobreza espiritual. Para um povo que sempre teve em seu currículo a dureza de coração, uma frase como esta caiu como uma bomba nas mais variadas pretensões de alcançarem esta alegria plena, pois dependia de um entendimento muito difícil de ser encontrado em quem se fazia referência como “povo de Deus”.

Porém, o que muita gente não entendeu ainda nos dias de hoje é que: uma coisa é o homem querer estar com Deus e outra é Deus querer estar com o homem. “Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos”, Isaías 57:15.

É isto mesmo, nossa alegria total é a presença de Jesus, Ele é o Reino dos Céus. “E, naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia, e dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos Céus. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.” (Mt. 3:1-3)

Todos estão querendo ser felizes, mas ninguém está querendo ser pobre de espírito. Acham que a verdadeira alegria está em ter, e não em ser, mas Jesus está dizendo: sejam (pobres de espírito) que vocês terão (o Reino dos Céus). Não as riquezas desta terra que eu chamo de “as demais coisas”, mas sim, a minha presença que realmente é insubstituível!

Um comentário para “Jesus te quer pobre!”

  1. denise silveira fernandes gaspar disse:

    oi pasto é uma grande verdade oq diz DEUS é com vc !

Comentar