Um tesouro esquecido!

// 01 junho, 2011 // Artigos

Tesouro escondidoTodos sabem que a vida cristã é uma guerra constante neste mundo que “jaz no maligno”, e como em toda guerra, para vencermos precisamos ter primeiramente uma estratégia e segui-la à risca. O nosso General nos deixou uma estratégia escrita que é a sua Palavra e para vencer temos que ser obedientes a tal.

Muitos estão perdidos em meio à guerra por terem se tornado autosuficientes. Perderam o foco de quem são seus verdadeiros inimigos, qual é o despojo a ser conquistado e qual a recompensa de vitória que terá ao final da batalha.

Afirmo isto, pois estamos vivendo os últimos dias da igreja na face da Terra e se torna estarrecedor o que muitas vezes vemos no que diz respeito a autosuficiência. Há pessoas com arrogância se auto intitulando aquilo que não são, correndo atrás de algo que não é válido para sua vida. Não adianta querer colocar um emblema de uma BMW numa DKV (lembra?), são arrogantes e presunçosos que não respeitam e não se deixam respeitar, amontoadores de mestres e bajuladores para sua própria perdição e amantes de si mesmos (pois eu prefiro um amigo que me diga a verdade do que um falso que apoie meus erros).

E o próximo passo é perderem o foco de quem é o inimigo, passam a atacar os irmão da própria casa e a todos que não são úteis a suas ideias. Degladiam contra os da própria casa pensando que eles são os seus inimigos e cantam: “Deus vai destruir seu inimigo” olhando para alguém que não comunga com seu ponto de vista. Não se lembram de que “não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12″.

Não entendem que um reino dividido não consegue subexistir, ajem como se a misericórdia e o amor de Deus só servem para os tais e chegam ao derradeiro e triste final que é não saber mais qual o despojo a ser conquistado: as almas perdidas. Seu objetivo se torna criar um clube social fechado, panela de interresses onde buscam a projeção e promoção pessoal!

Esquecem que um dia teremos que prestar contas diante de Deus e não irá escapar ninguém. Esquecem que não terá jeitinho para entrar no céu. Esquecem que Ele nos chamou para sermos a luz do mundo e sal da Terra. Esquecem que o maior tesouro a ser conquistado aqui são as almas.

Precisamos nos disciplinar todos os dias, lembrando qual o objetivo proposto pela palavra e cumpri-la. Temos uma recompensa que nos aguarda quando chegarmos ali na glória! Será maravilhoso quando entrarmos no céu e ouvirmos aquela voz mansa e suave dizer: “entra servo bom e fiel, sobre o pouco foste fiel e sobre o muito te colocarei”. Devemos nos lembrar do que disse Jesus: “Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer. Lucas 17:10″.

Temos que ser guerreiros conquistadores de almas, pois este é o maior tesouro a ser conquistado, mas somente quando colocarmos em prática a estratégia, o novo mandamento dado por Jesus que é o amor, e desfrutar-mos de um tesouro maior que é uma eternidade com Deus!


Um comentário para “Um tesouro esquecido!”

  1. ELENICE disse:

    AMÉM PASTOR.NAO BASTA SÓ CRER,TEMOS QUE CONFESSAR COM NOSSA BOCA E GANHAR ALMAS FALAR DO AMOR DE JESUS.PARABENS PELO BLOG

Comentar