Posts Tagged ‘Amor’

Correndo da chuva?

// 14 de julho de 2011 // Sem Comentários » // Artigos

Escrito em janeiro de 2011

chuvaEstava na chácara masculina do Bom Samaritano quando buscava um tema para escrever. Começou então, uma chuva muito forte, saí do estúdio, longe do computador, e comecei observar a torrencial chuva de verão, que após um dia de muito calor começava a cair.

Chamaram-me a atenção duas coisas: a primeira, um aluno correndo procurando um lugar para se abrigar e, a outra, foram alguns passarinhos que voavam em volta de uma árvore como se ela não existisse, pois estavam aproveitando a oportunidade para se refrescar. Afinal de contas, o sol tinha sido causticante durante todo o dia.

Acabei por tirar uma grande lição para nós refletirmos, que é: para um, a chuva parecia algo que necessitava de uma fuga para não ser atingido; para outro, era uma oportunidade de alívio e que merecia uma apreciação mais demorada onde aproveitava para demonstrar suas habilidades em um vôo magistral, cheio de voltas e encantos como que se estivesse agradecendo ao Criador por este momento tão impetuoso da natureza. (mais…)

Fazer o bem é dádiva de Deus e uma obrigação cristã

// 15 de junho de 2011 // 1 Commentário » // Artigos

Jesus disse: “não necessitam de médicos os sãos, mas sim os enfermos” (Lc 5:31). Observando essa frase, meditei atentamente também nas palavras de aconselhamento do apóstolo Paulo, que nos inspira a sermos imitadores de Cristo (Ef 5:1). Sendo assim, não nos resta outra alternativa a não ser ajudarmos aos mais necessitados. O importante disso tudo é cumprir o dever de fazer o bem com satisfação, sem esperar receber algo em troca. Quem descobre essa dádiva em sua vida, certamente passa a observar o mundo de forma diferente. Com os olhos de um bom samaritano. (mais…)

Um tesouro esquecido!

// 1 de junho de 2011 // 1 Commentário » // Artigos

Tesouro escondidoTodos sabem que a vida cristã é uma guerra constante neste mundo que “jaz no maligno”, e como em toda guerra, para vencermos precisamos ter primeiramente uma estratégia e segui-la à risca. O nosso General nos deixou uma estratégia escrita que é a sua Palavra e para vencer temos que ser obedientes a tal.

Muitos estão perdidos em meio à guerra por terem se tornado autosuficientes. Perderam o foco de quem são seus verdadeiros inimigos, qual é o despojo a ser conquistado e qual a recompensa de vitória que terá ao final da batalha. (mais…)